Mulheres com direito à aposentadoria por idade pelo INSS terão que trabalhar mais seis meses

Compartilhe:

Atualmente, o pedido de aposentadoria por idade pode ser feito com 61 anos, mas em 2022 passará para 61,5 anos. O período a mais de contribuição é por conta da regra de transição. A alteração veio junto com a reforma da previdência, que completou dois anos em novembro.

A partir da reforma, ficou estabelecida a idade mínima para pedir o benefício. Homens aos 65 anos e mulheres aos 62 a partir de 2023. Até lá, vale a regra de transição para elas. Para os homens, a idade mínima já era 65 anos. Então, nada mudou.

O cálculo da aposentadoria por idade do INSS em 2022 – A maneira de fazer o cálculo da aposentadoria por idade do INSS em 2022 é a seguinte:

1- É preciso somar todos os salários de contribuição após julho de 1994, início do Plano Real. Não se desconsidera mais os 20% menores salários de contribuição na aposentadoria por idade concedida pelas regras pós-reforma da Previdência;

2- Desta somatória é necessário dividir o valor pelo número de meses utilizados;

3- Desta média não se aplica mais o fator previdenciário, porém se aplica o coeficiente. Ele é calculado da seguinte forma: 60% mais 2% a cada ano contribuído a partir de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens.

Exemplos: Homem com 30 anos de contribuição e idade mínima de 65 anos, o seu coeficiente será de 80%. Mulher com 62 anos de idade e 16 anos de contribuição, o seu coeficiente será de 62%.

No primeiro caso o homem terá uma redução de 20% em sua aposentadoria, e no segundo caso, o da mulher, de 38%.

Para ajudar nesse cálculo, é possível fazer uma simulação no site https://www.gov.br/pt-br/servicos/calcular-a-aposentadoria-por-tempo-de-contribuicao. Mas antes é necessário estar cadastrado no Meu INSS (https://meu.inss.gov.br/#/login).

Com informações do Extra, IG e Jornal Contábil

Últimas Notícias